Cruz Vermelha Portuguesa envia 25.000 euros para o Paquistão
Segunda, 13 Setembro 2010 15:07

Decorridos quase dois meses após o início das cheias no Paquistão, estimativas apontam para 1.752 mortos, 2.701 feridos, 1.8 milhões de lares destruídos e mais de 20 milhões de pessoas afectadas.
O Crescente Vermelho Paquistanês continua a liderar a resposta a esta catástrofe, através de 1.434 voluntários no terreno, treinados especificamente para operações em situação de cheias, tendo já distribuído alimentos a mais de 82.000 famílias e outros produtos (kits de cozinha e higiene, redes mosquiteiras, cobertores, tendas, etc.) a mais de 35.000 famílias. As províncias de Sindh, Baluchistan e Punjab beneficiaram também de 300.000 pastilhas de purificação de água. Para além disso, encontram-se 11 Unidades de Resposta a Emergência (ERUs) no terreno, com o apoio de várias Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.
O Crescente Vermelho Paquistanês, em conjunto com o Comité Internacional da Cruz Vermelha, já conseguiu restabelecer o contacto de 735 famílias.
O apelo de emergência lançado pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, no valor de 56 milhões de Euros, ainda está apenas coberto em cerca de 62%. Este apelo pretende ajudar mais de 900.000 pessoas nos próximos 18 meses, com material de emergência, medicamentos, tendas, kits de abrigo, cuidados médicos, água potável e melhores condições sanitárias, como também apoiar na recuperação das vítimas.
A Cruz Vermelha Portuguesa vai enviar 25.000 Euros do seu Fundo de Emergência como primeiro passo para apoiar o esforço de socorro no Paquistão.
Os donativos para este apelo poderão ser efectuados através do Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa. A Cruz Vermelha Portuguesa apela à contribuição de todos os portugueses, que não podem ficar indiferentes ao carácter urgente e dramático da situação vivida no Paquistão.

Para saber como efectuar um donativo para o Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa, clique aqui.