Sismo no Chile
Segunda, 01 Março 2010 00:00

No passado dia 27 de Fevereiro ocorreu um sismo no Chile às 03h30 horas locais, com uma magnitude de 8.8 na escala de Richter. A Presidente do Chile declarou estado de catástrofe durante 30 dias na regiaõ de Maule e na província de Concepcion.


Até à data, mais de 700 pessoas morreram (541 em Maule, 64 em Bio Bio e 103 noutras regiões). É expectável que este número venha a aumentar assim que as actividades de busca e salvamento forem levadas a cabo. Milhares de pessoas estão desaparecidas.
Os sistemas de água e electricidade não estão a funcionar. A distribuição de electricidade em alguns hospitais, centros de saúde e centros comunitários também foi afectada. Existem danos nas infra-estruturas de saúde, sendo que nas cidades de Concepcion, Talca e Curico os hospitais não estão a funcionar. A comunicação é limitada e é difícil aceder por estrada às zonas afectadas.
A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho accionou o seu Fundo de Emergência com cerca de 205.000 Euros, que irá apoiar a Cruz Vermelha Chilena na distribuição de bens de socorro para 3.000 famílias, como parte de uma operação que se espera vir a implementar nos próximos três meses.
A Cruz Vermelha Chilena solicitou à população a dádiva de sangue para responder às necessidades hospitalares da rede de assistência. A CV Chilena também tem uma conta aberta para recolha de fundos e sublinha-se que a assistência internacional tem de responder às necessidades identificadas pelas autoridades do país, sendo que a CV Chilena está em estreita colaboração com essas autoridades.