Land Rover carrega baterias para um "Portugal +Feliz"
Quarta, 16 Julho 2014 15:57

rover

  • Land Rover associa-se à Cruz Vermelha Portuguesa através do programa “Portugal Mais Feliz”, que visa apoiar os grupos sociais mais vulneráveis para uma melhoria da sua qualidade de vida e a sua inclusão económica e social. Durante os próximos dois anos, a Land Rover vai apoiar financeiramente este programa nacional através de um apoio de 150 mil euros.
  • Este donativo da Land Rover ao programa “Portugal Mais Feliz” vai permitir que a Cruz Vermelha Portuguesa chegue a mais pessoas e de uma forma mais eficaz. Uma das novidades deste projecto é o facto do seu impacto social ser avaliado através da ferramenta SROI (Social Return on Investment), a partir de uma análise custo-benefício do valor social gerado pela intervenção.
  • Este projeto está integrado no acordo internacional “Reaching Vulnerable People Around The World”, entre a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e a Land Rover. O acordo, renovado este ano, vai abraçar novos projetos em países como o Reino Unido, Áustria, Holanda, Itália, Espanha, Portugal e Sudão do Sul com um donativo adicional da Land Rover de 15 milhões de libras até 2018.
  • “Reaching Vulnerable People Around The World” é um dos projetos que inclui a Estratégia Global de Responsabilidade Social Corporativa da Land Rover, cujo objetivo passa por melhorar as condições de vida de 12 milhões de pessoas até 2020.

A Land Rover acaba de garantir o financiamento do programa “Portugal Mais Feliz” da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), até 2015. Além do apoio financeiro, a LR vai ainda promover a divulgação deste projeto que tem como objetivo dar apoio a famílias carenciadas e em situações de vulnerabilidade, com problemas económicos e de saúde ou necessidades sociais críticas. Esta iniciativa enquadra-se no recentemente renovado acordo internacional entre a marca britânica e a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

O donativo da Land Rover, para os próximos dois anos, vai permitir ao programa da CVP uma maior capacidade de resposta, sendo possível chegar mais longe e ajudar cerca de 600 famílias num total superior a 2400 pessoas. Graças a este envelope financeiro muitas mais famílias vão poder encontrar soluções para os seus problemas através deste programa, alcançando um nível de autonomia socioeconómica sustentável e mais duradoura.
Além disto, a CVP vai apostar numa análise interna, onde detalha mecânicas e procedimentos, para perceber o que pode ser melhorado e quais os pontos fortes do projeto para potenciá-los. Desta forma, aumenta o impacto direto e objetivo do “Portugal Mais Feliz”, tanto no número de pessoas apoiadas, quanto nas mais-valias conquistadas com as famílias.

A CVP pretende ainda avaliar o impacto social específico do “Portugal Mais Feliz” através da análise SROI (Social Return On Investment), que compara o valor gerado (benefícios) com a despesa necessária (investimento) de uma intervenção. A 4Change, empresa independente e especializada em consultoria de impacto social, vai analisar, medir e reportar o valor social gerado. Através de uma metodologia de análise custo-benefício, vai ser finalmente possível compreender, com precisão, quais as atividades e resultados de maior impacto. Possibilita ainda a avaliação dos seus benefícios e o ajuste do programa para atingir ainda melhores resultados. Esta ferramenta vai, assim, permitir que o projeto ganhe mais credibilidade junto de possíveis apoios financeiros de empresas nacionais ou internacionais.

Para Luís Barbosa, Presidente Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, "Portugal vive, neste momento, uma situação dramática com 20% da população idosa, 35% da população jovem em situação de desemprego e uma baixa taxa de natalidade. Precisamos, por isso, de ajudar as famílias que estão numa situação mais carenciada. se de ajudas de carácter pontual, para vencer dificuldades que se colocam às famílias num determinado momento. Com a nossa ajuda, podem vir a encontrar uma solução para ultrapassar essas dificuldades. Por isto, agradecemos o apoio que a Land Rover nos está a proporcionar, porque representa um suporte humanitário muito importante para a situação que estamos a viver. A nossa gratidão vai para aqueles que, aplicando a sua responsabilidade social, como é o caso da Land Rover, nos ajudam e, dessa forma, ajudam seres humanos e as suas famílias. Essa ajuda representa uma expressão humanitária que é realmente de louvar em todos os sentidos."

rover2

Segundo Luis Antonio Ruiz, Presidente e Conselheiro Delegado da Jaguar Land Rover Ibéria, “auxiliar as comunidades onde a Jaguar Land Rover está presente é uma das nossas obrigações como empresa responsável. À medida que vamos crescendo e atingimos novos horizontes, fazemos todos os possíveis para que a nossa experiência e recursos possam contribuir para a obtenção de resultados tangíveis junto dessas mesmas comunidades. Lutamos diariamente para que as próximas gerações possam usufruir de um futuro sustentável e de novas oportunidades que permitam a melhoria da qualidade de vida de milhões de pessoas. O projeto em comum com a Cruz Vermelha é fundamental para a obtenção deste objetivo. Por isso, e tendo em conta a crise económica que afeta vários países europeus, quisemos colaborar com este projeto contribuindo para ajudar as famílias vulneráveis. Isto é uma premissa para nós, ajudar e pensar nos mais carenciados em Portugal.”

O programa "Portugal Mais Feliz" da Cruz Vermelha Portuguesa
O programa “Portugal Mais Feliz” (PT+F) da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) teve início em 2011 e pretende dar resposta à grave situação económica e de desemprego que o país atravessa, tendo já conseguido chegar a cerca de 4.500 pessoas. Este surge como uma resposta pro-ativa, multi-facetada e flexível ao desafio do combate à pobreza e da exclusão social.
É um projeto que está em linha com a missão da CVP e com os desafios lançados pela Federação Internacional da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho. Trata-se de um trabalho estratégico para esta instituição que tem capacidade para atender aos mais variados pedidos de apoio e para (re)construir planos de vida, mais dignos e felizes.
O objetivo do programa é trabalhar com as famílias, de forma integrada e personalizada, e encontrar diferentes soluções para os seus problemas e necessidades atuais. Através de uma equipa profissional multidisciplinar, o apoio do PT+F reflete-se em diferentes áreas, como a saúde, a situação financeira, o emprego, as competências pessoais e sociais e a integração escolar e/ou profissional. Pretende-se captar e promover as competências pessoais e sociais de cada família, viabilizando o acesso a recursos (materiais e imateriais) de que estas se encontram privadas.
Existem, essencialmente, dois perfis de intervenção que definem a atuação da rede PT+F junto destas famílias:

  • Intervenção Social Integrada - intervenção social centrada na família, numa abordagem holística (integrada/global) dos seus problemas e constrangimentos, captando os seus recursos e capacitando-a para um processo de mudança;
  • Intervenções de emergência humanitária - ações de ajuda alimentar; distribuição de géneros, vestuário e outros que se entendam como necessários.

O PT+F lança-se no desafio de, em todas as delegações, com recursos para o efeito (pessoal técnico e recursos materiais e financeiros), trabalhar com as famílias de forma mais estruturante - A Intervenção Social por Medida e à Medida – e não num modelo “assistencialista”, isto é, “ensinar a pescar” em vez de “dar o peixe”.
A CVP desenvolve o PT+F a partir de um conjunto de 65 Delegações Locais espalhadas pelo país. Esta rede está em permanente crescimento, com um número cada vez maior de Delegações associadas, e tem um crescente efeito dinamizador na sua área de intervenção e junto dos stakeholders locais. O trabalho é realizado em colaboração com várias entidades, privadas e públicas, que permitem uma visão mais integrada e articulada dos problemas e potenciam sinergias nas soluções propostas.
Desde o seu início que o programa se desenvolve apenas com recurso a fundos próprios, não tendo qualquer financiamento ou apoio estatal para o efeito. Desde 2011 que a sociedade civil e o setor empresarial têm acarinhado o programa, permitindo a angariação de recursos financeiros e também materiais.

Para saber mais sobre o programa Portugal Mais Feliz, clique aqui.

rover3

“Reaching Vulnerable People Around The World”
O programa “Portugal Mais Feliz” está integrado na iniciativa global “Reaching Vulnerable People Around The World”, um programa reconhecido e premiado, no qual todas as filiais da Land Rover espalhadas pelo mundo contribuem com donativos para iniciativas que visam melhorar as condições de salubridade aplicadas ao fornecimento de água potável, saúde pública e ajuda social, procurando auxiliar e preparar as mais diversas comunidades para eventuais desastres naturais. Com a renovação do acordo em 2014, o programa estende-se a outros mercados e permite o arranque de novas iniciativas, bem como a conclusão de outras em curso, como é o caso do acesso a água potável e ao saneamento público por parte de milhares de pessoas. Além do mais, esta renovação do acordo vai fazer com que a ajuda prestada chegue às comunidades mais vulneráveis e desprotegidas do planeta.
A Land Rover e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, em resultado deste alargamento do acordo, vão trabalhar em países como o Reino Unido, Áustria, Holanda, Itália, Espanha e Portugal para a realização de iniciativas de ajuda humanitária, incluindo o acesso a água potável, saneamento, ajuda social e resposta em situações de catástrofe.
Para além do projeto apoiado em Portugal, estes são alguns trabalhos de outros países que também se enquadram nesta iniciativa:

  • A Land Rover Áustria presta ajuda económica e fornece veículos ao Sudão do Sul através da Cruz Vermelha austríaca. O objetivo deste programa é melhorar as condições de vida de cerca de 58 mil pessoas, as condições de higiene e as instalações sanitárias, educando as comunidades locais e prestando apoio técnico. Com a remodelação das bombas de extração de água, construção de poços de perfuração e utilização dos veículos da Land Rover, a associação vai prestar um enorme auxílio à comunidade local.
  • Em Itália, a Land Rover e a Cruz Vermelha prosseguem com a sua iniciativa de colaboração visando o auxílio de pessoas sem abrigo na zona de Milão e Roma. Durante os próximos cinco anos, a Land Rover vai ajudar as organizações de solidariedade a desenvolver novos serviços, noutras cidades, e apostar numa ajuda mais personalizada a pessoas carenciadas com os seus veículos Land Rover. Além do mais, a empresa vai apostar em iniciativas conjuntas com a Cruz Vermelha visando a angariação de fundos, a criação de equipas de voluntários para percorrer as ruas das cidades, campanhas de sensibilização e visitas a projetos de solidariedade.
  • A Land Rover Espanha apresentou o programa “Itinerários laborais para famílias desempregadas”, um projeto a cinco anos cujo objetivo é ajudar centenas de famílias, de varias zonas do país, que desconhecem os recursos existentes em assuntos relacionados com emprego e formação, que têm poucas qualificações ou que são experientes em áreas afetadas pela crise económica.

Mais informação e imagens sobre a Land Rover em www.media.landrover.com

Nota: a Land Rover produz autênticos veículos 4x4 que proporcionam uma verdadeira abrangência de capacidades em toda a gama disponível desde 1948. O Defender, Freelander, Discovery, Range Rover Sport, Range Rover e Range Rover Evoque definem cada um dos diferentes setores do mundo 4x4. Atualmente, os produtos Land Rover são comercializados em aproximadamente 180 mercados de todo o mundo.