Apelo de emergência para vítimas do tufão nas Filipinas
Sexta, 15 Novembro 2013 10:49

650.000 DESLOCADOS E 9.5 MILHÕES AFECTADOS (4 MILHÕES SÃO CRIANÇAS)

APELO INTERNACIONAL DE 58 MILHÕES EUROS PARA APOIO DE 500.000 PESSOAS

CRUZ VERMELHA PORTUGUESA RECOLHE DONATIVOS ATRAVÉS DO FUNDO DE EMERGÊNCIA

CLIQUE AQUI PARA CONHECER AS FORMAS POSSÍVEIS DE DONATIVO 

  filipinas2 filipinas1

No seguimento do devastador tufão Haiyan (Yolanda) que atingiu as Filipinas a 8 Novembro, o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho está a fazer um apelo de 58 milhões de euros para assistir cerca de 500.000 pessoas afectadas pelo mais forte tufão alguma vez registado na história.

Há estragos generalizados em nove regiões das Filipinas. Enquanto as autoridades ainda estão a confirmar o número exacto de vítimas, calcula-se que milhares de pessoas foram mortas ou estão desaparecidas. “A cena é de completa devastação”, disse o presidente da Cruz Vermelha Filipina, Richard Gordon. “Muitas pessoas perderam os seus lares e precisam desesperadamente de alimentos, abrigo e água. Será um longo caminho para a recuperação”.

filipinas3 filipinas4

O apelo de emergência visa ajudar a Cruz Vermelha Filipina a levar ajuda essencial a milhares de famílias, nomeadamente alimentos, água potável, abrigo e outros artigos essenciais, restabelecimento dos laços familiares para cem mil famílias durante um período de 18 meses.

Nos últimos meses, a Cruz Vermelha Filipina vem respondendo às diversas emergências, incluindo tufões e cheias, e mais recentemente um terremoto de magnitude 7.2 que atingiu Bohol.

Este é um dos piores desastres de todos dos tempos num dos países mais propensos a desastres no mundo. O tempo urge para salvar a maior quantidade de vidas possível.

A Cruz Vermelha Portuguesa está a angariar fundos para apoiar a Cruz Vermelha Filipina. Os donativos podem ser feitos através do Fundo de Emergência desta Instituição, por transferência bancária, multibanco ou cheque. Veja aqui as formas de donativo.

Para obter informações actualizadas sobre as operações de resposta humanitária do Movimento Internacional da Cruz vermelha/Crescente Vermelho, clique aqui.