Filme sobre tsunami de 2004 reverte a favor da Cruz Vermelha
Domingo, 20 Janeiro 2013 13:51
o impossivel   

A 26 de dezembro de 2004 o mais devastador tsunami recentemente registado varreu as áreas costeiras da Indonésia, Sri Lanka, Maldivas, Tailândia, Índia e 9 outros países banhados pelo Índico. Mais de 225 mil pessoas perderam as suas vidas e milhões foram afectados.

Passados 8 anos, a ZON Audiovisuais lança em Portugal um dos filmes mais marcantes de 2013 que valeu a nomeação para o Óscar de melhor atriz a Naomi Watts.

O IMPOSSÍVEL, que relata a história verídica de uma família espanhola sobrevivente ao tsunami que em 2004 assolou o sudeste asiático, é protagonizado por Naomi Watts e Ewan McGregor. O filme realizado por Juan Antonio Bayona chega às salas de cinema portuguesas dia 24 de janeiro.

O reconhecimento do apoio da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho prestado a cerca de 5 milhões de pessoas afetadas por esta catástrofe natural é agora assinalado no evento de antestreia do filme com o anúncio de que a ZON Audiovisuais reverterá parte das vendas de bilheteira para o Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa.
O Grupo Zurich apoia também esta antestreia através da promoção do Fundo, pois é membro fundador de um grupo de apoio empresarial empenhado em apoiar a missão humanitária do Comité Internacional da Cruz Vermelha.
“Este filme, que nos recorda um acontecimento trágico e os milhares de vítimas do tsunami de 2004 na Ásia, deve alertar-nos para o facto de os desastres acontecerem quando menos se espera.”, refere o Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Dr. Luís Eduardo da Silva Barbosa. “A Cruz Vermelha é uma organização que está apta a agir de forma rápida e eficaz em qualquer tipo de emergência que ameace a vida, saúde e dignidade das pessoas. Por isso, a contribuição de todos é muito importante. A Cruz Vermelha Portuguesa agradece o apoio da Zon e da Zurich para o seu Fundo de Emergência.”, acrescenta.
O Fundo de Emergência da Cruz Vermelha tem por finalidade criar as condições necessárias para que, numa situação de emergência nacional ou internacional, a intervenção desta Instituição seja rápida e eficaz junto das pessoas que têm a sua a vida, saúde ou dignidade ameaçadas.
“Este é um filme muito marcante com uma forte componente humana e que tem tido um sucesso estrondoso, particularmente em Espanha. Foi muito interessante gravar este filme que contou com o total apoio e acompanhamento de Maria Belon, a protagonista desta história inesquecível.”, refere o administrador da ZON Audiovisuais.   

O IMPOSSÍVEL – um filme épico e inspirador sobre a sobrevivência humana
Maria (Naomi Watts), Henry (Ewan McGregor) e os seus três filhos viajam até à Tailândia para passarem as suas férias de inverno, esperando encontrar alguns dias de descanso num paraíso tropical.
Mas na manhã de 26 de dezembro, enquanto a família relaxa na piscina após as festividades de Natal da noite anterior, um ruído aterrador surge vindo do centro da terra. Enquanto Maria permanece paralisada de medo, vê uma enorme parede de água negra, que se abate sobre todo o hotel, aproximar-se em sua direção.
Inspirado numa história verídica, O IMPOSSÍVEL conta o inesquecível relato de uma família apanhada, juntamente com dezenas de milhares de outras pessoas, no caos de uma das piores catástrofes naturais do nosso tempo. Mas o verdadeiro terror que se assiste a todo o redor é atenuado por inesperados actos de coragem, compaixão e simples bondade que Maria (Naomi Watts) e a sua família encontram durante as horas mais escuras das suas vidas. Épico e intimidante, devastador e inspirador, O IMPOSSÍVEL é uma viagem ao fundo do coração humano.

Sobre a Cruz Vermelha Portuguesa e o Fundo de Emergência
Na sequência do tsunami de 2004, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho lançou um apelo para as vítimas desta catástrofe, tendo angariado cerca de 2.600 milhões de euros para a fase de emergência e recuperação. Só a Cruz Vermelha Portuguesa contribuiu com 1 milhão de euros para esta que foi a maior operação humanitária na história desta organização internacional.
Mais de 30.000 voluntários da Cruz Vermelha participaram nesta operação. A Cruz Vermelha Portuguesa enviou também dois recursos humanos que estiveram presentes na fase de emergência e recuperação desta operação.
Através do Fundo de Emergência, a Rede da Cruz Vermelha Portuguesa pretende:

  • Efetuar campanhas de sensibilização;
  • Recrutar/treinar pessoal;
  • Adquirir equipamento especializado, como unidades móveis de telecomunicações ou hospitais de campanha;
  • Criar stocks de artigos de subsistência, incluindo alimentos, água, medicamentos, tendas, cobertores e vestuário;
  • Realizar outras ações de prevenção.

Desta forma, a Cruz Vermelha Portuguesa poderá estar apta a distribuir alimentação adequada, fornecer água potável, erigir sistemas de higiene e saneamento básico e abrigo temporário, bem como prestar cuidados médicos, incluindo apoio psicológico, nas horas imediatamente a seguir à ocorrência de uma catástrofe. E, depois de a ameaça passar, dar o apoio necessário na reabilitação das pessoas afetadas.
A forma mais simples de efetuar um donativo para este fundo é através de uma caixa multibanco ou por netbanking. Para isto, basta escolher a opção "Pagamento de Serviços", inserir a entidade 20999 e a referência 999 999 999, e escolher o montante do donativo.

Para obter informações sobre outras formas de donativo, clique aqui aqui.

Saiba como preparar-se para uma emergência.