CVP disponibiliza Hospital para cuidados de saúde a quem mais precisa
Terça, 20 Novembro 2012 13:19
  • Programa "Membro CVP, + Hospital" permite acesso ao Hospital da Cruz Vermelha em condições especiais: consultas a 25 euros em diversas especialidades
  • Decisão da Cruz Vermelha Portuguesa responde às responsabilidades cívicas da instituição e vai ao encontro das necessidades da população
  • Consultas e cirurgias a preços fixos e sem espera, disponibilizadas por equipa clínica de excelência

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), no âmbito da sua actividade na área da Saúde, decidiu lançar o programa "Membro CVP, + Hospital" que vai permitir aos seus membros o acesso a cuidados de saúde altamente qualificados e em condições especiais, através do Hospital da Cruz Vermelha.
Todos os associados-membro da CVP, actuais ou futuros, vão poder utilizar os serviços médicos e cirúrgicos disponíveis no Hospital da Cruz Vermelha, a preços especiais, com consultas a 25 euros, urgências a 30 euros, pacotes cirúrgicos e exames complementares de diagnóstico com valores fixos, conforme tabela de preços convencionada.
Esta decisão da CVP tem em conta o actual momento de crise em que o país se encontra, responde às suas responsabilidades humanitárias e vai ao encontro das necessidades da população.
Através deste programa de membro associado, o doente tem acesso rápido à consulta de especialidade que pretende ou a uma intervenção cirúrgica, colocando o Hospital da Cruz Vermelha à sua disposição uma equipa clínica de excelência e  acesso a equipamentos tecnologicamente avançados.
“A Cruz Vermelha Portuguesa está consciente das suas responsabilidades sociais e das suas obrigações humanitárias e, num momento como aquele que se vive em Portugal, decidiu criar um programa que vai disponibilizar, no seu hospital, cuidados de saúde a quem necessita, a preços acessíveis”, disse Luís Barbosa, presidente da CVP. “Sendo a Cruz Vermelha Portuguesa proprietária do Hospital da Cruz Vermelha faz todo o sentido que coloque esta unidade ao serviço de quem necessita, cumprindo, assim, a sua vocação social e de apoio à população”, acrescentou.
A opção por preços fixos nas cirurgias vai permitir que os doentes saibam à partida com o que contam.
Esta abertura do Hospital da Cruz Vermelha tem em conta duas preocupações: responde às necessidades da população na área da saúde sem pôr em causa o Serviço Nacional de Saúde e reposiciona-se no sector comunitário e social.

Qualquer pessoa poderá ser membro beneficiário deste programa da CVP, que custa 2 euros por mês, acrescendo 1 euro à mensalidade por cada elemento do seu agregado familiar que queira integrar, até ao máximo de seis.

Para saber mais sobre as vantagens e inscrições para membro beneficiário da Cruz Vermelha Portuguesa, clique aqui.