Guiné-Bissau: CICV visita presidente e primeiro-ministro
Quinta, 19 Abril 2012 14:17
icrc-1

A 18 de Abril, o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) visitou o Presidente Interino Raimundo Pereira e o Primeiro Ministro Carlos Gomes Júnior, que foram detidos após a sublevação que ocorreu na Guiné-Bissau a 12 Abril. O CICV já deu medicamentos a Gomes Júnior durante uma visita prévia que ocorreu no dia 14 Abril.

“Quando visitamos detidos, observamos as condições em que estão detidos e o tratamento que estão a receber”, disse Christophe Tinguely, o delegado do CICV que fez as visitas. “Como fazemos no mundo inteiro onde levamos a cabo estas tarefas, discutimos as nossas descobertas confidencialmente com as autoridades de detenção.“

Aos detidos foram dados consumíveis hospitalares, roupa e artigos de higiene. Para além disso, foi-lhes dada a oportunidade de enviar notícias aos seus familiares próximos. O CICV continua o seu diálogo com as autoridades responsáveis com vista a visitar outros que possam ter sido presos em ligação com os eventos das semanas passadas.

O CICV tem estado a trabalhar na Guiné-Bissau desde 1998, prestando protecção e assistência a pessoas que têm sido adversamente afectadas por várias situações de violência.