Cruz Vermelha participa no evento “One Day on Earth” a 11/11/11
Terça, 18 Outubro 2011 10:12

tn_one-day-on-earth

Projecto de vídeo global para captar o poder da humanidade em filme
No âmbito do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, a Cruz Vermelha Portuguesa associou-se ao projecto “One Day on Earth” por forma a participar numa iniciativa sem precedentes com vista a documentar um dia na vida da maior rede humanitária do mundo e a demonstrar o poder dos indivíduos para fazer a diferença.
Este evento global terá lugar no dia 11 de Novembro de 2011 (11/11/11) e será construído sobre o sucesso do empreendimento da filmagem de “One Day on Earth” em 2010, no qual participaram todos os países do mundo.
A comunidade on line em expansão www.onedayonearth.org, representada por milhares de vídeografos e fotógrafos amadores e profissionais de todo o mundo, será convidada a filmar os colaboradores e voluntários da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em acção, bem como as pessoas em geral que estão empenhadas em ajudar os outros, no dia 11/11/11.
O Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) esperam mobilizar os seus colaboradores e alguns dos seus 13 milhões de voluntários para a participação neste dia de filmagem.
“A cada minuto de cada dia na Terra, existe um voluntário ou trabalhador da Cruz Vermelha ou do Crescente Vermelho que está lá fora a ajudar alguém que precisa. Não passa um minuto sem que o nosso Movimento esteja em acção. Pensamos que seria fascinante fazer um reportagem deste trabalho num único dia”, diz Anna Nelson que trabalha na área de projectos estratégicos de comunicação do CICV.
Algumas das imagens serão usadas num pequeno vídeo a ser produzido pela organização “One Day on Earth” até ao final deste ano, intitulado “O Poder da Humanidade”.
“Esperamos que tanto o filme quanto a parceria com a Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho possam oferecer um retrato das lutas e desafios que enfrentamos nesta comunidade global, como guerras, catástrofes, alterações climáticas, mas também a esperança e a dignidade que tornam a nossa experiência humana tão rica e única”, acrescenta Brandon Litman, o co-fundador e o produtor executivo do “One Day on Earth”.
O evento de filmagem do ano passado que teve lugar no dia 10/10/10, resultou em 3.000 horas de vídeo partilhado, que está actualmente a ser editado para se tornar um filme de longa metragem.
Ao juntar a Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho, a “One Day on Earth” pretende expandir a sua cobertura diversificada e obter uma melhor visão sobre as revoltas e os desafios humanitários que têm surgido nos últimos anos – desde a violência no Médio Oriente e no Norte de África até à crise alimentar no Corno de África.
“As imagens são um meio muito convincente para contar histórias. Estamos bastante ansiosos pela junção destas comunidades tão diferentes para ver o que acontece quando vamos de encontro ao seu talento global e potencial ", diz Benoit Matsha-Carpentier que chefia a unidade de produção audiovisual da FICV.
O projecto “One Day on Earth” teve início há três anos, em Setembro de 2008, com o objectivo de criar um evento mediático global único onde milhares de participantes filmassem em simultâneo por 24 horas. Desde esta altura, tem crescido constantemente como uma comunidade de base de cineastas internacionais, incluindo amadores, criativos, professores e colaboradores de organizações sem fins lucrativos e instituições de solidariedade.
Todas as filmagens e fotografias efectuadas no dia 11/11/11 estarão disponíveis numa livraria on line navegável, que Litman descreve como uma “cápsula do tempo para o mundo inteiro compreender-se melhor a si próprio”. Os organizadores também pretendem utilizar os resultados desta parceria numa longa metragem.