Campanha "Ser Solidário"

As doações monetárias são a melhor forma de ajudar as pessoas carenciadas ou vítimas de desastres, porque o dinheiro pode, de forma muito rápida e simples, ser transferido para qualquer conta bancária ou convertido imediatamente nos bens necessários, em qualquer parte de Portugal ou do mundo. Desta forma, a Cruz Vermelha pode usar o seu forte poder de compra para beneficiar o maior número de pessoas e ajustar a resposta muito rapidamente a necessidades e prioridades variáveis.

Multibanco - campanha "Ser Solidário"

Num Caixa Automático Multibanco, poderá efectuar o seu donativo bastando seguir os seguintes passos:

  1. Introduzir o cartão bancário;
  2. Digitar o código pessoal secreto;
  3. Seleccionar "Transferências";
  4. Seleccionar "Ser Solidário";
  5. Escolher a entidade "Cruz Vermelha Portuguesa";
  6. Indicar a Importância do donativo;
  7. Seleccionar opção de impressão (Talão/Factura);
  8. Confirmar a operação.

Existe ainda a opção de solicitar um comprovativo para efeitos fiscais. Para tal deve seleccionar a opção “Factura” e introduzir o número de contribuinte.

No final da operação, o talão comprovativo é valido para efeitos de apresentação no serviço de Finanças, estando o cabeçalho preenchido com os dados fiscais da Cruz Vermelha Portuguesa.
Este meio é disponibilizado pela campanha "Ser Solidário” da SIBS e dos bancos do sistema Multibanco, podendo ser suspensa a qualquer momento.


 

Notas importantes

Ao abrigo do Estatuto do Mecenato e não importando a forma do donativo, a Cruz Vermelha Portuguesa entregará um recibo onde é discriminado o montante doado, que poderá ser utilizado para deduções nos seus impostos. Para saber mais sobre recibos de donativo, clique aqui.

No caso dos donativos angariados para um serviço/actividade/campanha nacional excederem o montante necessário, estes serão depositados no Fundo Geral para Desenvolvimento de Actividades Nacionais da Cruz Vermelha Portuguesa.