Projecto "A Educação por Pares na Prevenção da Violência entre Jovens"

Promoção da aprendizagem/utilização de comportamentos relacionais saudáveis, visando prevenir o bullying e a violência entre os jovens.

Breve resumo

O interesse social pela violência entre jovens tem aumentado em resposta ao crescimento deste fenómeno e, em particular, ao carácter preocupante do bullying e da violência nas relações juvenis de intimidade, cujas taxas de prevalência e consequências são alarmantes. Frequentemente, a violência fundamenta-se na insuficiência de competências relacionais saudáveis e em atitudes/discursos culturais legitimadores/desculpabilizadores dos comportamentos violentos. Assim, este projecto de prevenção visa desconstruir discursos que perpetuam a violência, substituindo-os por outros mais adequados, e promovendo a aprendizagem/utilização de comportamentos relacionais saudáveis.

Principais acções de sensibilização

A sensibilização aborda três módulos:

  • Violência ocasional e desenvolvimento de competências sociais;
  • Bullying;
  • Violência no namoro.

Objectivos específicos

  • Formar pares educadores entre estudantes de turmas do 3º Ciclo do Ensino Básico, bem como formar professores e técnicos que actuem como base de apoio às actividades de educação de pares a desenvolver posteriormente por estes jovens;
  • Promover a educação por pares em contexto de turma;
  • Avaliar, através de um design quasi-experimental (pré-teste, pós-teste e follow-up) a eficácia do presente programa a três níveis: conhecimento, atitudes e comportamentos dos jovens;
  • Avaliar qualitativamente o presente programa, considerando a satisfação dos jovens enquanto pares educadores e pares educandos, e também dos professores;
  • Expandir o programa a nível nacional, após as alterações necessárias decorrentes do processo avaliativo.

Para mais informações sobre esta campanha, contacte o Gabinete de Juventude na Sede Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa.